Manifesto latino contra o Golpe de Estado no Brasil

O avanço da integração cultural e musical latino-americana é uma conquista inegável da luta de todos nós nos últimos anos, especialmente. Nesse período, construímos associações, realizamos eventos e festivais e promovemos a circulação de artistas. Isso tudo só foi possível porque respiramos novos ares de democracia em todo o Continente, anteriormente marcado por ditaduras.

Leia mais aqui: http://portal.senhorf.com.br/interna.php?P=1008

No Brasil, contamos com o incentivo de uma Política de Estado, que estimulou a aproximação dos países e dos povos latinos. Nesse ambiente, o Brasil voltou-se para as culturas latinas, rompendo com um externo e imposto isolamento histórico e ideológico. Hoje, boa parte da nossa juventude sente-se mais próxima afetiva e culturalmente de seus irmãos dos países da região.

Diante disso, chamamos a atenção de todos os produtores, artistas e demais pessoas envolvidas com cultura e música para o que ocorre no Brasil. Após uma eleição democrática, que elegeu uma presidenta, o país está mergulhado em uma situação que prenuncia um Golpe de Estado. Sem razões que justifiquem, setores antinacionais e antipopulares buscam interromper um mandato concedido por mais da metade da população brasileira.

Ao mesmo tempo, desenvolve-se uma campanha de perseguição política ao ex-presidente Lula, com uso de medidas que ameaçam os direitos civis e democráticos. A junção dessas duas situações pode resultar em grave crise institucional, com consequências para o Brasil e toda a nossa região. Por isso, preocupados com a estabilidade democrática e os avanços sociais e culturais do continente latino-americano, defendemos o respeito aos resultados eleitorais, à democracia e aos direitos individuais e políticos dos brasileiros.

Porto Alegre, 17 de março de 2016.

Assinaturas iniciais (adesão no perfil do Festival El Mapa de Todos, no Facebook):
Fernando Rosa, produtor cultural, editor do Portal Senhor F e curador e organizador do Festival El Mapa de Todos (Porto Alegre, Brasil)
Felipe França Gonzalez, Difusa Fronteira – Núcleo de Integração Cultural Brasil-América Latina
Nicolás Molina, músico do grupo Molina y Los Cósmicos (Castillos, Uruguai)
Marcelo Domingues, produtor do festival DemoSul (Londrina, Brasil)
Gabriel Turielle, produtor do festival ContraPedal (Montevidéu, Uruguai)
Jair Marcos, jornalista, músico, ex-integrante do grupo 3 Hombres (São Paulo, Brasil)
Leonardo Vinhas, jornalista especializado em música latina, colaborador dos portais Scream & Yell (Brasil) e Zona de Obras (Espanha) e organizador das coletâneas Somos Todos Latinos e Tributo Latino ao Paralamas do Sucesso (Florianópolis, Brasil)
Fabrício Nobre, diretor do Festival Bananada e da produtora A Construtora (Goiânia, Brasil)
Marcus Losanoff, jornalista, produtor e apresentador dos programas-webradio CAMBIO (Radio Cocoa – Equador / Radio Graviola – Brasil); e MINHA GALERA (Ruido Blanco FM – México)
João Pontes, sociólogo, Coordenador-Geral do Plano Nacional de Cultura (MinC) (Brasília, Brasil)
Daniel Cariello, escritor, autor dos livros Chéri à Pari e Cidades dos Sonhos – Crônicas Brasilienses (Rio de Janeiro, Brasil)
Rodrigo Lariú, jornalista, produtor musical e diretor do selo Midssumer Madness Records (Rio de Janeiro, Brasil)
Ritza Palu, produtora musical, diretora do selo Bajo Presión Records (Guatemala)
Mauricio Mesones, músico do grupo Bareto (Lima, Peru)
Santiago Neto, músico do grupo Santigo Neto y Los Misionerostrónicos (Porto Alegre, Brasil)
Thiago Piccoli, produtor musical e co-produtor do festival El Mapa de Todos (Porto Alegre, Brasil)
Adriano de Angelis, DJ, produtor cultural, ex-coordenador geral do Canal Integración (Brasília, Brasil)
Thiago Lazeri, videomaker (Porto Alegre, Brasil)
Jeferson Souza – JÉF, cantor e compositor gaúcho (Três Coroas, Brasil)
Ana Paula Antunes, produtor do Festival Polifonia (Rio de Janeiro, Brasil)
Rafael Cortes, produtor cultural e musical da Assustado Discos (Recife, Brasil)
Carlos Vizotto, prefeito de Paraíso do Norte, organizador do festival Paraíso do Rock
Frank Jorge, músico e escritor (Porto Alegre, Brasil)
Marcelo Costa, jornalista e editor do portal Scream & Yeel (São Paulo, Brasil)
Raphael Evangelista, músico do Duo Finlândia (Brasília, Brasil)
Polaca Rocha, integrante do grupo 3-D, produtora cultural (Porto Alegre, Brasil)
Cecilia Sá, arquiteta (Brasília, Brasil)
Fabiano Nasi, músico da banda Fabiano Nasi & Os Flutuantes (Porto Alegre, Brasil)
– Ruben Pérez, jornalista, Canal 4 Chuy Uruguay e Radio Uruguay AM 1050 Montevideo (Uruguai)
– Diego de Moraes (Diego Mascate), integrante da banda Pó de Ser e da dupla Waldi & Redson, professor da UEG e doutorando em História pela UFRJ)
Brisa Daitx, produtor cultural (Porto Alegre,Brasil)
Eduardo Notvrno, músico (Rio de Janeiro, Brasil)
André Neto, músico, banda Lítera (Porto Alegre, Brasil)
Adelino Bilhalva, videomaker, diretor do programa Cozinheiro Amador (Porto Alegre, Brasil)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s