O mundo está vendo o golpe no Brasil

A mídia brasileira não ganhou o nome de PIG – Partido da Mídia Golpista – de graça. É porque, de fato, tem cumprido esse papel na política nacional. A oposição é muito desqualificada, como ficou demonstrado na votação do dia 17 de abril. Sob o comando da Rede Globo, o PIG tem sido mais do que apenas imparcial.

Em uma guerra convencional, como na Guerra do Golfo, que destruiu o Iraque, por exemplo, os Estados Unidos cumpriram um ritual. Primeiro, criminalizaram as lideranças políticas e de qualquer tipo. Depois, comprometeram o funcionamento normal das instituições. E, por fim, promoveram o bombardeio aéreo e a invasão.

No Brasil, a mídia funcionou e segue funcionando como se fosse a artilharia na guerra convencional. É dela a missão de manter a população sob pressão, tensão e medo. A mídia golpista também cumpre o papel de “assassina” de lideranças, atacando suas reputações. O caso mais explícito é que tentam fazer com Lula há anos.

Diferente do jornalismo golpista interno, a mídia internacional já percebeu o golpe em curso, bem como entendeu suas causas e objetivos. A maioria dos grandes jornais e revistas do mundo chama o golpe de golpe, para o desespero dos golpistas locais. Um deles,  Glenn Greenwald, vencedor do Pulitzer de Jornalismo, sintetiza a visão mundial sobre o golpe.

Assistam todo o vídeo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s