O Brasil e o povo são maiores do que o golpe

Fernando Rosa

A tentativa de golpe é contra a Nação, contra seus fundamentos essenciais, em especial sua infra-estrutura e sua defesa, tanto material quanto política. Por isso, os alvos são a Petrobras, as grandes empreiteiras, Angra 3 e a política de “conteúdo nacional” patrocinada pelos governos Lula e Dilma. Superada essa fase do assalto, os alvos são os mais pobres, trabalhadores, os beneficiários dos programas sociais, as mulheres e a juventude.

Por isso, o juiz Sérgio Moro mirou sua artilharia, desde o início da Lava Jato, em Marcelo Odebrecht, no Almirante Othon e em Lula. Os dois primeiros, não se curvaram às patifarias judiciais e policiais da PF e da PGR e resistem praticamente na condição de presos políticos. Já sobre Lula persistem as acusações tão ridículas quanto infundadas, que ameaçam serem retomadas com ares de acusação “formal”, depois da caçada promovida ao ex-presidente.

Os golpistas não se contentam em apear Dilma do poder, eles precisam se livrar do fantasma de Lula, que ameaça seus planos num horizonte próximo. Em suas mentes insanas, não tenham dúvidas, já passaram várias hipóteses, entre elas o assassinato, a prisão e a inelegibilidade. A morte, devem ter descartado por medo das consequências; a prisão, tentaram e se deram mal, com aquele sequestro frustrado em Congonhas; restando, então, perseguir a inelegibilidade.

Além de “herói popular”, Lula também condensa a ideia de um governo que, depois de séculos, não apenas olhou para os pobres, mas deu dimensão de Nação para o Brasil. As gerações anteriores, com todas as dificuldades, construíram um país com razoável solidez estrutural, incluindo agentes civis, políticos, empresariado, e militares. Nos últimos quinze anos, o Brasil posicionou-se na liderança regional, ingressou no BRICS e tem sido fundamental em todas as discussões mundiais. Além de tirar milhões de pessoas da extrema pobreza.

Por isso, o golpe é inviável, e vai ser varrido da vida nacional, agora, o que seria melhor, ou em curto prazo, a um custo maior para os brasileiros. O levante da sociedade nesses últimos dois meses é sinalizador dessa determinação, em que se destacam as mulheres e a juventude, de uma maneira até emocionante. Os trabalhadores, os mais pobres, vão entrando aos poucos em campo e, por fim, é importante que integrem-se todos, inclusive os militares, em uma grande Frente Popular, Democrática e Patriótica em defesa do Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s