De pé pelo Brasil

Fernando Rosa

O Brasil vive a mais profunda, dramática e explosiva crise econômica, politica e social da sua história. Nunca o país foi atacado com tamanha agressividade pelos interesses externos. O sistema bélico-financeiro internacional ameaça destruir o Estado Nacional, com apoio de seus lacaios internos.

A Operação Lava Jato devastou a economia nacional, fechou empresas e desempregou milhares de trabalhadores. Disparada pela espionagem da NSA, investiu contra a Petrobras, o Pré-Sal, a indústria de defesa, as empreiteiras nacionais e a indústria naval. A PEC 55 completa a intervenção, capturando o Orçamento da União.

Igual nunca se viu, a burguesia rentista meteu sua contraparte produtiva na cadeia, do que é símbolo Marcelo Odebrecht. Aliados à derrotada globalização, inclusive nos EUA, estão levando a economia brasileira ao fundo do poço. Incorrendo em crime de lesa-Pátria, objetivam entregar o mercado interno aos concorrentes internacionais.

Servis, os golpistas investem contra nossa política externa, ameaçando destruir um legado de diversas gerações. Afrontam a obra de Getúlio Vargas, Ernesto Geisel e Lula, em especial, que posicionaram soberanamente o Brasil no mundo. Apostam em afastar o Brasil do BRICS e submeter a Nação ao isolamento mundial.

Não satisfeitos, rasgam a Constituição e, após o golpe de Estado, ameaçam comprometer definitivamente a democracia. Implodem a credibilidade de instituições, duramente construídas durantes décadas, séculos. Transformam a juventude, as mulheres, os trabalhadores, os brasileiros em inimigos de seus interesses.

Isso tudo levado a efeito contra os interesses da população e da Nação brasileira, contra o cenário mundial e a história. Alinharam-se a Hillary Clinton e ao sistema internacional na hora errada, no momento em que os países rejeitam a exploração neoliberal. Da ponte para o passado, querem jogar o Brasil na contracorrente do tsunami.

O fim do mundo unipolar é uma realidade irreversível, com perda de poder do Império norte-americano. A nova realidade mundial impõe relações multilaterais, com independência, soberania e altivez. A presença do Brasil no BRICS é a demonstração mais cabal dessa nova realidade.

É preciso, portanto, enfrentar o desastre anunciado, levando em conta a gravidade do que está em curso no país. O que está em jogo é a destruição do Estado, das suas instituições, e o futuro do Brasil enquanto Nação. Algo sério e perigoso para a região e para o mundo, a exemplo do que ocorreu com o Iraque e a Líbia.

Diante disso, cabe aos brasileiros articular uma ampla aliança, que responda ao golpe e, ao mesmo tempo, aponte soluções para o país. Uma frente nacional, além dos limites da esquerda, com um Projeto de Nação que organize e mobilize patriotas, civis e militares em defesa da Nação. Um projeto que articule o conjunto do povo que está nas ruas.

Um projeto que aponte para o desenvolvimento, o mercado interno, a geração de empregos, a valorização dos salários e garanta recursos para educação e saúde. Que incentive a indústria do petróleo e naval, de Defesa Nacional – nuclear e aeroespacial, da infraestrutura e ferroviária e o agronegócio. E defenda e integre a Amazônia, valorize a ciência e a tecnologia e a cultura.

O que assistimos nesta semana em Brasília é um desafio a todos os patriotas. Já está passando da hora das grandes lideranças nacionais unirem suas forças para impedir a destruição do país. O ataque imperialista exige a resposta do Estado Nacional, de todos os patriotas e nacionalistas comprometidos com a defesa da Pátria e o futuro dos brasileiros.

lula-band

 

Anúncios

Um comentário em “De pé pelo Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s