Lava Jato quer “estado de exceção”

Da Redação

Em audiência no Senado Federal, o senador Lindbergh Farias aponta o “abuso de poder” da Lava Jato como uma prática cotidiana de perseguição contra o ex-presidente Lula e também como método autoritário de investigação.

Para o senador Lindbergh, as “10 medidas” representam uma escalada em busca de instalar um “estado de exceção” no país para dar sequência ao golpe de Estado e seguir com a destruição da indústria e da economia nacional.

Anúncios

Um comentário sobre “Lava Jato quer “estado de exceção”

  1. Republicou isso em Gustavo Hortae comentado:
    SURUBA, ORGIA, BORDEL. ASSIM SE PODE ENTENDER O BRAZIL DE HOJE, PÓS-GOLPE.
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2016/06/02/suruba-orgia-bordel-assim-se-pode-entender-o-brazil-de-hoje-pos-golpe/

    “E CONTINUA A SACANAGEM EM ABUNDÂNCIA E DESCARADA!

    QUE MORAL TEM A QUADRILHA LÁ DO CONGRESSO PARA AFASTAR A PRESIDENTE? ESTUPRANDO A NAÇÃO BRASILEIRA, COM FORÇA E SEM VERGONHA OU PUDOR!
    ESTUPRARAM, ESTUPRAM E TÊM O APOIO DO JUDICIÁRIO, IGUALMENTE GOLPISTA E CANALHA!

    APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! APAPORRA!! …”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s