EUA espionaram” Petrobras e gabinete de Dilma

Da Redação

“Foi quase um ano de espera. Desde o começo de 2016 amigos europeus e latino-americanos tentavam me ajudar a conseguir uma entrevista jornalística com o cyber ativista australiano Julian Assange, exilado desde 2012 na elegante e modesta embaixada do Equador, em Londres”. É o que diz o jornalista Fernando Morais introduzindo a matéria e entrevista sob o título “Uma tarde com Julian Assange, o hacker que tirou o sono do governo americano, em que o hacker australiano Julian Assange fala ao editor do Nocaute, Fernando Morais”. Na entrevista, ele afirma que o governo dos Estados Unidos espionou a Petrobras e também o gabinete da presidenta Dilma Rousseff.

Fonte original.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s