EUA se intrometem na eleição do Uruguai

RT/Da Redação – O ministro das Relações Exteriores do Uruguai, Rodolfo Nin Novoa, acusou os EUA de tentar pautar a oposição política uruguaia na campanha eleitoral para as eleições presidenciais que serão realizadas em outubro próximo.

“Quase não tenho dúvidas sobre isso”, disse o ministro, em entrevista ao programa Todo Pasa da rádio local FM Ocean, quando questionado se o governo Trump estaria interessado em um triunfo da oposição no Uruguai.  

Novoa disse que é notório que uma das questões que tentam introduzir na campanha eleitoral uruguaia é a da segurança. “O Partido Nacional (adversário) vai tornar a segurança um dos seus eixos de campanha”, enfatizou.

O chanceler uruguaio a associou a campanha da oposição a uma declaração  da Embaixada de Washington, publicada na última sexta-feira, 2 de agosto. Nela, a embaixada dos EUA adverte os cidadãos americanos sobre o aumento da “criminalidade” no Uruguai. 

“Os EUA parecem ter essa missão divina de monitorar os países do mundo, se intrometendo em seus assuntos internos”, disse o ministro. Trump quer uma mudança de governo no Uruguai, mantendo a tradição intervencionista de mais de 50 anos, alertou o chanceler uruguaio. 

* Com informações do RT.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s